fbpx
Plugin Install : Cart Icon need WooCommerce plugin to be installed.

Tudo sobre redes sociais: um guia completo para você

Se você está pensando em se aventurar na criação de conteúdo para a internet ou já é um digital influencer, mas deseja melhorar seu job, é hora de conhecer tudo sobre as redes sociais

Afinal, tem receita de sucesso melhor do que conhecer de verdade o território que está entrando? Não, né? Por isso o post de hoje é um guia muito legal para você ficar expert nas mídias sociais. Vamos lá?



O que é rede social?

Calma aí! Antes de começar a entender tudo sobre redes sociais, você precisa saber o que elas realmente são, certo?

Afinal, quando falamos nesse assunto, qual a primeira coisa que vem à sua mente?

Se você pensou logo no Facebook, seu raciocínio não está errado, mas o conceito pode ser um pouquinho mais abrangente.

A gente explica: uma rede social é, na verdade, qualquer interação entre pessoas que dividem interesses e gostos em comum. 

E é qualquer uma mesmo! Vale para grupos familiares, afetivos, políticos, religiosos, de trabalho…. se as pessoas interagem e se conectam, esse é um tipo de rede social.

Então, não, mesmo que todo mundo pense primeiro no digital, quando falamos em redes sociais, o conceito é antigo e vem lá do offline.

E se você está se perguntando como chamam, então, nossos sites e aplicativos queridinhos, vamos explicar.

Anota aí: sites como Twitter ou aplicativos como Tik Tok, típicos da atualidade, são mídias sociais

Quando uma comunidade é criada na internet para pessoas se relacionarem de maneira virtual, eles estão usando mídias sociais, ou seja, redes sociais online. Entendeu? 

Tudo sobre redes sociais: como surgiu? 

Se você pesquisar agora “redes sociais” no Google, irá encontrar várias listas das mídias sociais mais usadas no Brasil e no mundo. 

Mas, diferente do que muita gente pensa, as redes sociais online não surgiram com o Orkut ou MSN não, viu?! 

Na realidade, a ideia de se conectar pela internet não é nova e algumas redes sociais antigas já fizeram muito sucesso. 

Ainda assim, saber qual foi a primeira mídia social é um super desafio, pois há muitas controvérsias.

Então, vamos deixar aqui as duas mais conhecidas entre as pioneiras para você começar a tudo sobre redes sociais.

Uma das primeiras mídias sociais é a Classmate, um site criado para pessoas reencontrarem antigos colegas de escola, faculdade, etc. 

Quando foi lançada, nos anos 90, a rede online ficou muito famosa. Acredite se quiser, ela chegou a ter 50 milhões de usuários (segundo a própria rede). E olha que estamos falando do tempo em que a internet era só mato, hein?

Hoje, o site ainda está no ar. Por isso, se você quiser conferir, pode acessar classmates.com depois de ler nosso guia inteiro! 

Outra pioneira da internet foi o SixDegress.com – que muita gente considera a primeira rede social online do mundo devido ao seu formato. 

Sabe o seu mural do Facebook? As solicitações de amizade? O Messenger para enviar mensagens privadas? Essas ferramentas já faziam parte da plataforma. 

Apesar do sucesso, o site não durou muito tempo e ficou no ar por apenas 4 anos. No entanto, foi o suficiente para marcar o início de uma nova era online. 

E de lá para cá, você já sabe, né? Veio o Friendster, MySpace, Orkut, Facebook, LinkedIn (alguns super populares até hoje). 

Apareceram novas mídias sociais, novas plataformas, novas funcionalidades e todo mundo passou a ficar antenado no mundo digital. 

Tanto que apareceram várias profissões novas por aí, né? Como os influenciadores digitais, por exemplo, que hoje vivem de produzir conteúdo na internet nas nossas mídias sociais preferidas.

Tipos de mídias sociais

Agora que você começou a entender tudo sobre redes sociais, chegou a hora de descobrir quais tipos de mídias online existem. 

Acredite: nem toda rede social tem a mesma finalidade. Quer ver?! 

Pense o que você procura quando entra no Facebook ou no Youtube, por exemplo. Enquanto o Facebook conecta pessoas, o Youtube oferece entretenimento audiovisual. 

E assim acontece com todas as redes sociais do mundo, que podem ser divididas nas seguintes categorias:

  • Relacionamento
  • Entretenimento
  • Nicho
  • Profissional

Então, se seu objetivo é entender tudo sobre redes sociais, veja mais sobre cada um dos tipos abaixo. Bora lá?

Redes sociais de relacionamento

Se você pensou que toda rede social online fosse própria para relacionamento, você não está totalmente errado.

Sim, esse é o propósito da maioria deles, e pode ser que muitas se encaixam em diferentes tipos.

Mas há algumas que são especialmente focadas nisso, como é o caso do Facebook, a principal mídia social de relacionamento. 

Vale lembrar que quando falamos em relacionamento, não é apenas no sentido amoroso da palavra. 

Apesar de aplicativos como Tinder e Happn serem redes sociais de relacionamento, o ponto-chave dessa classificação está na conexão e troca de experiências que o meio digital pode proporcionar. 

Em geral, as redes com essa finalidade são as mais usadas. Pense no aplicativo do WhatsApp e Messenger, por exemplo, que conta com muitos usuários ativos trocando mensagens diariamente. 

Redes como Instagram, Twitter, LinkedIn também podem aparecer dentro desta categoria, mesmo que o seu foco principal seja outro. Afinal, em todas elas podemos nos relacionar com outras pessoas, né?

Redes sociais de entretenimento

Quando falamos em redes sociais de entretenimento, o melhor exemplo é o Youtube.

Afinal, são milhões de vídeos publicados todos o dias para entreter e ensinar pessoas. 

Quando você entra na plataforma de streaming, seu objetivo não é se relacionar com outras pessoas, certo? Você quer consumir conteúdo.

Muita gente confunde as redes sociais de entretenimento e relacionamento, pois quando passamos algumas horas conectados em nossas mídias sociais, estamos nos distraindo também. 

No entanto, depois de conhecer tudo sobre redes sociais, você vai ver que existe sim uma diferença. 

Começando pela definição das palavras: enquanto o entretenimento serve para distrair, entreter e divertir as pessoas, o relacionamento é o ato de se relacionar e conviver com outras pessoas. 

Percebeu a diferença?

A rede social de relacionamento depende da interação dos usuários para continuar ativa. Já a rede de entretenimento oferece algo para o usuário, independente do relacionamento entre eles.

Para ficar ainda mais claro, vamos à outros exemplos. O Pinterest, por exemplo, é uma rede em que você pode publicar e consumir imagens. O Spotify, uma rede social de música e podcasts, também é mídia de entretenimento.

Redes sociais de nicho

Como o nome diz, a rede social de nicho é uma plataforma voltada para um público mais específico. 

E, neste caso, pode ser também uma mídia social de entretenimento, relacionamento e profissional, desde que as pessoas ali tentam interesses em comum.

Alguns exemplos de redes de nicho são o Goodreads, DeviantArt e o TripAdvisor. Se você conhece cada um desses sites, sabe bem que cada um tem seu público muito definido e delimitado.

Veja: O Goodreads é uma rede social própria para pessoas que gostam de ler. Ali, os usuários podem criar sua estante virtual, compartilhar resenhas e recomendar obras para outras pessoas. 

Sendo assim, se ler não é a sua praia, por exemplo, claramente não há motivos para criar uma conta no site, certo?!

Outro exemplo é a DeviantArt, uma comunidade para artistas visuais divulgarem seus trabalhos. Neste caso, o público também é muito específico: a pessoa está ali porque produz artes ou porque gosta de consumi-las. 

Já a TripAdvisor é uma plataforma muito popular entre viajantes e amantes da gastronomia. Na rede, o usuário pode avaliar diferentes atrações turísticas e restaurantes. Quem está ali é porque se interessa em algum desses assuntos – ou nos dois!

Acredite: tem rede de nicho para todo e qualquer tema. 

A maior vantagem deste tipo de mídia social é reunir um público segmentado que permite trabalhar uma linguagem e um visual totalmente diferenciado para essas pessoas. Legal, né?!

Redes sociais profissionais

E por último estão as redes sociais profissionais. É fácil imaginar porque as pessoas estão por lá, né? Mas se você ainda precisa de um exemplo para entender melhor, vem com a gente.

O objetivo dessas mídias sociais é proporcionar um ambiente para usuários criarem relacionamentos profissionais.

Viu como o relacionamento aparece por aqui novamente? Pois são nessas plataformas que as pessoas divulgam seus trabalhos, conseguem oportunidades e fazem o famoso “networking” – rede de contatos. 

A rede mais conhecida dentro dessa categoria é o LinkedIn, uma mídia social que vem lá dos anos 90 (lembra da linha do tempo das redes sociais acima?) e ainda hoje é muito usada por pessoas que buscam conquistas profissionais. 

Mas nada impede que você use outras redes sociais online para criar novas conexões profissionais. Você pode criar uma conta no Instagram, Facebook e Youtube, por exemplo, e transformá-las em um canal de trabalho. 

Afinal, os influenciadores digitais não fazem exatamente isso?! 

Por que investir nas mídias sociais?

OK, influencer, agora que você sabe tudo sobre redes sociais (ou quase tudo, porque sempre aparecem coisas novas para aprender), vamos aos motivos para investir nas suas mídias?

Depois de tanto conteúdo, ficou fácil entender porque é fundamental se fazer presente nas plataformas se quer trabalhar com isso, né? Mas caso tenha restado alguma dúvida, iremos acabar com todas elas agora mesmo!

Vamos aos principais motivos que irão convencer você a investir nos seus perfis para ter sucesso como influenciador digital. 

#1 Audiência fiel

Você não vai construir uma audiência do dia para a noite. Isso vai demandar tempo, constância e muito trabalho. 

Mas quando acontecer, acredite, seu público vai acompanhar seu job com fidelidade. 

A verdade é que é mais complicado fidelizar seguidores do que conquistar novos, no entanto, quando você consegue isso, tenha uma pessoa para ser divulgador do seu trabalho.

Nós já falamos como o “boca a boca” ainda é o melhor marketing que existe, certo? Agora imagine sua audiência promovendo espontaneamente seu conteúdo? Uma audiência fiel gera mais e mais audiência na internet. 

#2 Seguidores engajados

Engajamento na internet é tudo para um influenciador digital. Seja desde um simples curtir ao compartilhamento de um post, quando as pessoas se identificam com você e seu conteúdo, elas irão interagir. 

As redes sociais online, diferente das mídias tradicionais, dá ao usuário a possibilidade de se sentir próximo, mandar mensagens e conversar com as personalidades que ele segue. 

E quando seu seguidor sente que pode interagir com você, aí o resultado é fantástico.

Imagine que você segue um famoso que admira e sempre comenta em seus conteúdos.

Você deixa sugestões, marca outras pessoas, faz um elogios e, um dia, a celebridade curte seu comentário e responde. Como você iria se sentir? Especial, certo?

O mesmo acontece com os seus seguidores e de qualquer influenciador digital. Se as pessoas percebem que você preza por interagir com elas, acredite, você irá conquistar seguidores ultra mega engajados. 

#3 Oportunidades criativas

A internet é um mundo de possibilidades. 

Assim como você pode estar em várias mídias (principalmente agora que sabe tudo sobre redes sociais), também dá para criar coisas diferentes para cada um desses canais. 

Pense em aplicativos, sites, memes, tendência que pegaram porque surgiram na internet…. a criatividade anda lado a lado com a profissão de digital influencer, e na era das redes sociais é mais fácil destacar seu conteúdo.

A verdade é que as redes sociais são, hoje, o melhor meio para conquistar público e estabelecer uma comunicação com sua audiência. 

Então, se você quer ser um influenciador, invista em seu perfil (nas mídias sociais certas) e trabalhe bastante porque você vai conseguir!

E, claro, agora que você conhece tudo sobre redes sociais, conte com nossa ajuda para colocar tudo isso em prática. 

Baixe nossos conteúdos gratuitos que preparamos com carinho para incentivar sua carreira como influencer.

E se ficou alguma dúvida, deixe aí nos comentários que iremos ajudar você 😉 

Plugin Install : Subscribe Push Notification need OneSignal plugin to be installed.
Edu Gazzinelli | Raczum ®

Edu Gazzinelli | Raczum ®

CEO e Fundador da Raczum® ❤️ Inovação | Marketing | Design | Planejamento 🎓 Miami AdSchool | ESPM | UNA 💼 @raczum | @restyle.com.br | @medify.tech

Categories

Bem vindx de volta!

Faça o seu login

Criar nova conta

Preencha o formulário e registre-se

*Ao se registrar no site, você aceita nossostermos de uso e política de privacidade.

Recupere sua senha

Por favor use o usuário ou e-mail para resetar sua conta