fbpx
Plugin Install : Cart Icon need WooCommerce plugin to be installed.

Marketing emocional: o que é e como aplicar na sua estratégia

Você já ouviu falar em marketing emocional? 

No post de hoje vamos falar sobre a importância das emoções para o marketing digital, e a sua influência na tomada de decisão da sua audiência.

Vamos nessa?! 


O que é marketing emocional?

Você, com certeza, deve se lembrar de alguma propaganda de TV que fez você se emocionar. 

Ou um comercial tão divertido que tornou você um fã da marca.

Pois bem, isso é o que chamamos de marketing emocional, ou seja, o uso da emoção para criar vínculos mais profundos entre as marcas e clientes.

Apesar de parecer uma tarefa simples, o segredo do marketing emocional não é apenas gerar um sentimento em sua audiência, mas causar a emoção certa que leve aquela pessoa em direção à uma ação. 

Como uma compra, um compartilhamento ou uma divulgação, por exemplo.  

Por meio da conexão emocional, muitas marcas tem visto a oportunidade de gerar no cliente a necessidade de consumir seus produtos e serviços. 

E como isso é feito? 

Por meio de mensagens que despertam as sensações certas, levando a pessoa a se identificar com a marca e criar um vínculo emocional duradouro. 

Quais os ganhos do marketing emocional?

Fisgar sua audiência pela emoção é o passo mais importante para uma conversão. Mas os ganhos do marketing emocional vão além.

Quando você inclui o lado emocional na sua estratégia de conteúdo, e não apenas o racional, você reforça o posicionamento da marca e constrói uma imagem positiva na mente do cliente.  

O marketing emocional pode, inclusive, afirmar os valores inegociáveis do seu negócio, atraindo um público que se identifica com o que você propaga. 

E por mais que o cliente não compre de você no momento, quando você gera uma reação positiva para aquela pessoa, ela irá lembrar do seu negócio quando estiver precisando de um serviço/produto como o seu. 

Como adotar o marketing emocional na sua estratégia? 

Antes de qualquer coisa, você precisa entender que mais do que gerar uma sensação em uma pessoa ao consumir seu conteúdo, o marketing emocional é fazer sua audiência sentir a emoção certa. 

Para isso, você precisa entender qual emoção vai fazer seu cliente agir como você espera que ele faça. 

Lembre: não é manipulação emocional, mas uma associação do seu produto e/ou serviço à uma emoção que seu cliente já possui, e precisa enxergar no seu negócio uma realidade do que ele precisa. 

O marketing emocional, para ser bem feito, deve ser ético e saudável, usado com moderação e de forma honesta com seu cliente. 

Ou, caso ele perceba que seu conteúdo está forçado, logo sua marca irá ser associada à um sentimento ruim – o que não é o que você deseja, certo?

Pense no marketing emocional como uma grande ferramenta de engajamento: as pessoas interagem com aquilo que causa alguma reação, seja alegria, tristeza, raiva, revolta e por aí vai. 

De nada adianta ter imagens lindas nas redes sociais, se elas não despertam sensações. Ou frases bem escritas, se não fazem sua audiência pensar sobre o assunto. 

Quando você consegue unir seu conteúdo à sensações certas, você consegue mais engajamento, compartilhamento, seguidores e, claro, vendas. 

Como usar as emoções para fazer seu seguidor comprar?

 O primeiro passo para usar emoções ao seu favor é conhecer intimamente seu público. 

Você precisa ter sua persona bem delimitada, compreender suas dores, queixas, desejos e sonhos para, no momento certo, saber como falar de maneira eficaz com ele – e causar sensações, claro.

Portanto, conhecer sua persona é fundamental para saber como fazer aquela pessoa comprar ou converter em qualquer outra ação que você deseja.

Assim, você entende o que é importante para seu seguidor, compreende em qual momento da jornada ele está e cria discursos e conteúdos que afloram as emoções corretas, fazendo-o agir a favor do seu negócio. 

Nem sempre é apenas a informação do seu conteúdo que importa, mas a forma como ela é passada e o efeito que ela causa que irá diferenciar um marketing comum do marketing emocional. 

Elementos importantes para agregar emoções ao seu conteúdo

  • Compreensão da audiência

Você precisa conhecer seu público para criar uma estratégia de marketing emocional: descobrir suas dores e necessidades para, assim, entregar uma comunicação eficiente. 

  • Empatia

Se você sabe quais são as dores da sua audiência, é preciso empatia para conseguir traduzir em seus conteúdos o sentimento esperado. Assim, cria-se um vínculo emocional com essas pessoas.

  • Storytelling

Contar histórias é a melhor forma de conseguir passar sentimentos e sensações. Por meio delas, você envolve, engaja e aproxima pessoas. 

  • Propósito 

Outro elemento fundamental para um marketing emocional é o propósito. Você precisa entregar um quê a mais, que vai muito além de serviços ou produtos, para gerar uma percepção afetiva com sua marca. E ter um propósito é fundamental!

Agora que você sabe o que é marketing emocional, você também acredita que a estratégia é fundamental para o sucesso de marcas, sejam elas pessoais ou corporativas? Aqui na Raczum acreditamos que as emoções são a base de tudo. 

Se durante a leitura deste post, você lembrou de alguma campanha de marketing que tocou direto nas suas emoções, compartilhe conosco. Por aqui temos uma série de propagandas que ganharam nosso coração. 

Até o próximo post! 

Plugin Install : Subscribe Push Notification need OneSignal plugin to be installed.
Edu Gazzinelli | Raczum ®

Edu Gazzinelli | Raczum ®

CEO e Fundador da Raczum® ❤️ Inovação | Marketing | Design | Planejamento 🎓 Miami AdSchool | ESPM | UNA 💼 @raczum | @restyle.com.br | @medify.tech

Categories

Bem vindx de volta!

Faça o seu login

Criar nova conta

Preencha o formulário e registre-se

*Ao se registrar no site, você aceita nossostermos de uso e política de privacidade.

Recupere sua senha

Por favor use o usuário ou e-mail para resetar sua conta